sábado, 24 de julho de 2010

Colchicina - Remédio para Gota

A colchicina, embora esteja associada a uma freqüência alta de efeitos tóxicos, é particularmente eficaz na gota, talvez em virtude do seu efeito sobre a motilidade dos granulócitos.

Trata-se de um agente antiinflamatório único porque é muito eficaz apenas na artrite gotosa. Esse medicamento proporciona alívio rápido das crises agudas de gota e é um agente profilático útil para essas crises.

O efeito antiinflamatório da colchicina na artrite gotosa aguda é relativemente seletivo para esta doença e é eficaz apenas em alguns casos nos outros tipos de artrite.

A colchicina é um agente anti-mitótico utilizado amplamente como substância experimental para estudar a divisão e a função celulares. Ela não influencia a excreção renal de ácido úrico ou a sua concentração no sangue. Em virtude de se ligar à tubulina, a colchicina interfere com a função dos fusos mitóticos e causa a despolimerização e desaparecimento dos microtúbulos fibrilares dos granulócitos e outras células móveis, fazendo com que a migração dos granulócitos para a região inflamada seja inibida e haja redução das atividades metabólica e fagocitária dessas células. Isso reduz a liberação do ácido láctico e de enzimas pró-inflamatórias, que ocorre durante a fagocitose, rompendo o ciclo que resulta na resposta inflamatória.

Os neutrófilos expostos aos cristais de urato os ingerem e produzem uma glicoproteína que pode ser o agente etiológico da artrite gotosa aguda. Quando injetada nas articulações, essa substância produz artrite profunda que, sob o ponto de vista histológico, não se iferencia daquela causada pela injeção direta dos cristais de urato. A colchicina parece impedir a produção dessa glicoproteína pelos leucócitos.

20 comentários:

  1. PODE TOMAR COLCHICINA SEM MEDO.
    VOCÊ PRECISARÁ DE NO MÁXIMO 3 COMPRIMIDOS.
    ACABA TUDO QUE SE REFERE A ARTRITE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo,
      Nem tudo que reluz é ouro. Nem tudo o que funciona para voce irá funcionar para outros.

      A colchicina é eficaz em diferentes doses para diferentes pacientes. Alguns pacientes podem exigir até 8 doses por dia (8 x 0,5 mg) Nessas quantidades ela é tóxica, pode provocar diarréias intensas, náuseas, dores abdominais e peitorais.

      Somente o médico pode recomendar o uso desses medicamentos.

      Excluir
  2. gostaria de saber a respeito da colchina, só deve ser usado durante a crise ou para medida de prevenção da crise gotosa.

    ResponderExcluir
  3. Meu médico reumatologista recomendou apenas 2 comprimidos de um medicamento chamado Colchis (colchicina),por dia associado a um antiinflamatório AINES. Segundo ele, o Colchis é o melhor e mais confiável. E para mim está dando resultado. Na crise ele alertou para nunca usar o Alopurinol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descobertas recentes da medicina (últimos 8 ou 10 anos) mostram que o excesso de ácido úrico pode ter pelo menos duas causas: excesso de produção (atinge aprox. 25% da população) ou então insuficiência de eliminação (atinge aprox. 75% da população). O alopurinol combate a primeira causa (excesso de produção). A Narcaricina (benzopromarona) combate a segunda causa (eliminação insuficiente). Nenhum dos dois medicamentos deve ser iniciado durante a crise. São necessários vários exames para se determinar qual a causa (excesso ou insuficiência). A colchicina (Colchis) é usada nas crises, juntamente com anti-inflamatórios AINC. Na crise um medicamento complementa o outro. A colchicina pode ser usada fora da crise (uso prolongado), a critério médico. NÃO TOME MEDICAMENTOS POR CONTA PRÓPRIA! PROCURE UM REUMATOLGISTA ATUALIZADO NOS RECENTES DESENVOLVIMENTOS DESSA ÁREA!
      (Anti-inflamatórios devem ser utilizados com cautela; eles sobrecarregam o rim e o fígado).

      Excluir
  4. Tive recentemente minha primeira crise de gota, fiquei 2 dias na cama e 4 sem poder andar. Toda a região do pé estava comprometida e depois passou ao joelho. Como não sabia que tinha a doença, primeiro tomei Profenid c/pouco resultado... a dor intensa continuou depois fui ao medico q me receitou a Cochicina. Alivio imediato, tomando 4 pilulas de 0,5mg/dia. Claro q acarretou diarréia, mas aliviou a dor. Passado alguns dias, com o alivio da crise, a dose foi recomendada a 2 pilulas (0,5mg) dia.Ainda estou nessa dose. Em breve começo com o alopurinos p/tratamento a longo prazo. Há uma receita p/crise e uma receita para "prevenção". Meu caso ´que produzo em excesso. Pior mesmo agora é readequar os habitos alimentares...!

    ResponderExcluir
  5. Fiz exercício ligeiro e tive crise de gota. estou a antiinflamatório e cochicina, E já estou a falar sózinho. Tenho que começar a tomar o alupurinoil.

    ResponderExcluir
  6. Já tive crise de gota no dedão do pé, joelho e agora atacou o cotovelo.
    Curiosamente sempre do lado direito.
    Em Tratament.
    A dor é forte.

    ResponderExcluir
  7. ja tomei de tudo fui em varios medicos e nada resolve rema no sangue nao tem cura a 25 anos sofro com isso a resposta e que tem que acostumar com ador

    ResponderExcluir
  8. no meu caso tenho gota mas para me livrar de uma dor depôs de esforço a mais senti uma fisgada no joelho e tomei um remédio pôr nome ibuprofeno e no outro dia tive uma crise de gota sera que teve relação com esse remedio

    ResponderExcluir
  9. se tomar a colchicina e depois esquecer e ingerir alcool, irar fazer algum mal ?

    ResponderExcluir
  10. se tomar a colchicina e ingerir alcool que mal pode fazer ?

    ResponderExcluir
  11. eis uma receita de meu medico: 10 mg piroxicam/ 15 mg indometacina/ 50 mg alopurinol/ 25 mg benzbromarona/ 150 mg ranitidina/ mandar preparar em farmacia 30 comp e tome dois ao dia com mais 2 de colchicina 0,5 mg. Esta curado!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou seu doutor sabetudo... coitadinhos dos que se tratam com esse médico maluco ou seguem seu disparatado conselho.

      Excluir
  12. Cada pessoa é diferente, cada pessoa exige um tratamento diferente. Cada pessoa responde de maneira diferente a um tratamento. Aquilo que faz bem para uma pessoa pode ser prejudicial para outra. A gota é causada por depósitos de uratos nas articulações causando inflamações e dores intensas. Os uratos são consequência de ácido úrico elevado. Os uratos são removidos das articulações com a colchicina, auxiliada por anti-inflamatórios. Passada a crise, deve-se descobrir porque o ácido úrico está elevado, e isso pode ter causas diferentes em cada pessoa (herança genética, alimentação, idade, sexo da pessoa, etc.) Analisando esses fatores o médico reumatologista decide qual o melhor medicamento a ser usado daí em diante. Normalmente pode ser Alopurinol ou Benzobromarona, dependendo se o ácido úrico está elevado por excesso de produção ou por insuficiência de eliminação do organismo. São necessários exames de urina e de sangue para determinar isso. Não se deve tomar os dois medicamentos juntos. E não se deve tomar colchicina por mais do que alguns dias, pois é tóxico e tem efeitos colaterais. A orientação de um bom reumatologista é necessária para indicar o melhor tratamento para cada pessoa.

    ResponderExcluir
  13. Eu tinha crise de gota frequentemente. Toda vez que eu tinha a crise não conseguia sair para trabalhar. Depois que eu comecei abeber diariamente dois copos de suco de uva natural eu não tive mais crises de gotas. Minha taxa de ácido úrico sr mantém entre 6 a 7. Expermente é bom e não faz mal

    ResponderExcluir
  14. CUIDADO COM O ALOPURINOL. Quando descobri que tinha gota o médico receitou o alopurinol após a crise, porém um mês depois eu achava que estava com rubéola, apareceram manchas horríveis no corpo e algumas pareciam bolhas de pus. Sou alérgico a esse medicamento e hoje só tomo o narcaricina.

    ResponderExcluir
  15. quem toma alopurinol e não funciona deve experimentar o benzobromarona. tomei alopurinol 1 ano não resolveu, o médico mudou para benzobromarona e sarei. mas tomo todo dia.

    ResponderExcluir
  16. Como eu cansei de ler esse blog no meio da crise (de cama com o pé para cima) deixo aqui o que está me ajudando a resolver. Fui em um médico reumatologista muito bom daqui de SP. Ele me indicou o seguinte tratamento:

    NA CRISE: Flotac 70 de 12 em 12 horas. Colchicina 0,5 de 8 em 8 horas. O tratamento de crise dura o tempo da crise. Quando parar de doer deve parar a medicação de crise.

    PARA EVITAR CRISE: 1 colchicina 0,5 e 1/2 comprimido de narcaricina todos os dias (pode ser a hora que quiser, mas sempre a mesma hora).

    QUANDO FOR COMER ERRADO: Vc sabe que vai comer uma mariscada. Ou vai para um churrasco. Tome 1 colchicina 0.5 ANTES da comida. Pode ajudar a evitar uma crise.

    IMPORTATÍSSIMO PARA QUEM BEBE: Todos os medicamentos de tratamento cronico de gota (que vc vai tomar para sempre) SOBRECARREGAM O FÍGADO. E isso é muito perigoso. Beber também sobrecarrega, o que em conjunto com medicamento pode causar sérios danos ao seu fígado. Quem tem gota e toma remédio (seja Aloupuriniol ou seja Narcaricina) deve fazer pelo menos 2 X por ano exames de sangue para medir as enzimas do fígado.

    PARAR DE BEBER: sim, é ruim ter que parar de beber, mas é uma forma de ter mais saúde e qualidade de vida. Nao é não beber nunca mais, mais principalmente BEBER MENOS. Náo dá para ter gota, tomar remédio e beber todo dia ou encher a lata nos finais de semana.

    O nível de ácido úrico para quem tem GOTA precisa estar ABAIXO DE 6. (o meu está 11,6).

    DIETA: A dieta restritiva nao ajuda muito. Vc pode fazer a dieta mais restrita que vai baixar 1mg seu ácido urico. No meu caso, que é 11,6, nao adianta nao comer nada e baixar para 10.6. O que nao quer dizer que eu devo ABANDONAR a dieta. O que precisa fazer é tomar cuidado com o que POSSA DISPARAR UMA CRISE. Ou seja, aquela feijoada no sabado, churrasco no domingo. Ai o cabra está pedindo para ter uma crise nova. Mas comer alguma dessas coisas de vez em quando é OK. E pode tomar a colchicina antes. Eu adoro frutos do mar, e para mim é a pior parte do tratamento ter que ficar sem comer essas coisas.

    O principal é CONTINUAR SEMPRE o tratamento. Não adianta fazer 3 meses de dieta e depois abandonar. tem que mudar um estilo de vida.

    Sobre a discussao entre Aloupurinol e Narcaricina, ele prefere a narcaricina. Mas tem a questão do fígado que precisa ser muito bem avaliada. Nao tome remédio por conta. Anti inflamatorios sao perigosos também. Gente que tem crises com frequencia precisam se cuidar MUITO para nao destruir fígado e rins.

    Outra coisa: narcaricina além de sobrecarregar o fígado, pode causar pedra nos rins. Outra coisa a ser estudada. Eu como nunca tive isso e ninguem da minha familia teve, fui liberado para tomar. Mas como tenho gordura no figado, vou fazer acompanhamento MENSAL no começo para entender como meu figado vai lidar com esse medicamento. Entenderam? MENSAL. Depois de meses de uso, claro que isso pode diminuir.

    Enfim, espero ter ajudado. E uma dica: APROVEITE SUA CRISE DE GOTA PARA REPENSAR SUA VIDA. A GOTA É UMA OPORTUNIDADE PARA VOCÊ SE CUIDAR MAIS E TIRAR MAIS PROVEITO DA VIDA. FAÇA ISSO ANTES QUE A VIDA FAÇA POR VC.

    Se já estiver em processo de emagrecimento e tiver acido urico alto, faça o controle. Eu tive gota por causa disso. Perdi mais de 10kg com acido urico alto. E isso dispara a crise de gota (médico que me falou).

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimas informações, BMK. Elas estão em linha com a orientação que meu reumatologista me deu, e evitou ter crises de gota. Com narcaricina meu ácido úrico caiu de 12,5 (crise violenta) para 4,5 (até abuso da dieta, de vez em quando...)

      Excluir